Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010
Recolha de Dados in loco

Com os contactos estabelecidos e as visitas agendadas, deu-se assim início ao primeiro momento da terceira fase: “Aplicação dos Instrumentos de Recolha de Dados”, que decorreu de 24 de Maio a 4 de Junho.

A primeira recolha aconteceu no EP de Leiria, e à distância pelo facto de se tratar de um EP no qual os reclusos passam a maior parte do dia nas respectivas celas. Efectivamente, foi solicitado que os questionários fossem enviados por correio tradicional de forma a serem distribuídos pelas celas, preenchidos pelos reclusos, recolhidos, e reenviados ao remetente.

A direcção do EP de Aveiro, quando informada sobre o tema da investigação em causa, pediu que a aplicação dos questionários fosse antecedida de uma pequena apresentação/formação sobre o tema “O que é a Internet?”. Para tal, foram criados e enviados cartazes, folhetos e folhas de inscrição de forma a informar a população prisional acerca da formação, e a permitir a organização prévia das sessões. A recolha de dados decorreu em três momentos, distribuídos por três dias – 24, 25 e 31 de Maio.

A recolha de dados nos EP de Coimbra decorreu presencialmente nos dias 26 e 28 de Maio com o apoio e acompanhamento dos professores/formadores e da técnica de reeducação Dr.ª Ângela Pereira. Os reclusos foram convidados a participar no estudo através do preenchimento do questionário no contexto das formações que estavam a frequentar.

No EP do Porto a recolha de dados realizou-se no dia 27 de Maio, durante todo o dia, e no contexto das aulas leccionadas na escola e nas oficinas. Quer os membros da direcção que receberam e acompanharam a investigação – Dr.ª Sofia Canário e Dr.ª Ana Costa –, quer os professores/formadores demonstraram-se sempre muito disponíveis e acessíveis e revelaram-se uma ajuda indispensável na distribuição e preenchimento dos questionários.

No EP de Tires (Lisboa) a recolha foi feita igualmente num único dia – 4 de Junho –, aproveitando a disponibilidade dos reclusos-alunos em aulas/formação. Houve acompanhamento e auxílio por parte dos professores/formadores e da Dr.ª Ana Veríssimo (Adjunta de Direcção).

A recolha de dados incluiu também Inquérito por Entrevista a técnicos, professores e formadores dos EP visitados. No decorrer dos contactos efectuados com cada Estabelecimento solicitou-se a participação de técnicos (professores, formadores, assistentes sociais, e/ou psicólogos) que tivessem interesse e disponibilidade em participar no estudo. No dia 28 de Maio, foram entrevistados presencialmente 4 técnicos e 4 professores no EP de Coimbra; e 1 membro da direcção do EP de Leiria. No dia 15 de Junho foram enviados formulários digitais a 1 professor e 2 membros da direcção do EP de Custóias (Porto), e a 3 técnicos e 1 membro da direcção do EP de Tires (Lisboa). No Estabelecimento Prisional de Leiria não foram realizadas entrevistas por não haver disponibilidade por parte dos técnicos.

Realizaram-se ainda, durante o mês de Agosto, Inquérito por Entrevista – realizadas por telefonema – à Rede Social de Apoio (familiares e amigos) dos reclusos que compõem a amostra seleccionada, e que durante o questionários disponibilizaram os contactos de membros da família ou amigos que consideraram ter interesse e disponibilidade para participar neste estudo.

 

 



© 2009
ficha técnica

tema
Liberdade Física versus Liberdade Virtual


título
Utilização da Internet nos Estabelecimentos Prisionais Portugueses. Realidade ou Utopia?


âmbito
Dissertação de Mestrado do Curso de Comunicação Multimédia, ramo Multimédia Interactivo da Universidade de Aveiro


autor
Daniela Graça
(núm. mecanográfico) 44984


orientador
professora Lídia Oliveira


ano
2009|2010

pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

posts recentes

Investigação em entrevist...

Investigação em entrevist...

Divulgação dos dados nos ...

Apresentação

Defesa

Ponto de Situação

Recolha de Dados in loco

Formalização do Pedido Of...

Imaginarius: a Culpa e o ...

Plano de Investigaçao_Apr...

últ. comentários
Sr.ª Dr.ª , por favor, já agora, e porque não ,sal...
Internet, Tv, Mini Bar e suites vip's :)
Obrigada pelo comentário.Como qualquer investigaçã...
arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

ligações úteis

DG Serviços Prisionais PT
Gerir para Inovar os SP
Pew Internet
Digital Center
IFLA
InternetSafety.com
Wavecrest Computing – Intelligent Web-use Management Tools
GearBox Computers
Advanced Technologies Group, Inc.
PageNest
Computer Crime & Intellectual Property Section
Report on the availability of bombmaking information
The Context of the Information Behavior of Prison Inmates
Council of Europe
Vocational education and training for adult prisoners and offenders in Australia: Research findings
Bloggers desde prisión
Surveillance&Society/a>
EPEA/a>